01 Outubro
Cerco de Jericó
12 Outubro
Nossa Senhora Aparecida
28 Outubro
Terço de Nossa Senhora Rosa Mística com Madre Hildegardes
Próximos eventos
ÁGUA DE LOURDES
Nossa paróquia distribui a milagrosa água de Lourdes todo dia 11 de cada mês após a missa e tradicional Benção dos Enfermos a partir das 16 h. Esta água é trazida diretamente de Lourdes, na França, graças às doações dos devotos de Nossa Senhora de Lourdes, para ser distribuída em nossa comunidade aos enfermos que não têm saúde nem recursos financeiros para acorrerem até a Gruta de Massabielle. As doações podem ser feitas diretamente na secretaria paroquial ou por depósito bancário. Banco Bradesco: Agência: 1400-1
Conta Corrente: 16286-8
A Água da Fonte de Lourdes,
fonte de bençãos e curas

A 25 de fevereiro de 1858 a Virgem Santíssima aparece pela nona vez à menina Bernadete e lhe diz: Vá beber à fonte e lavar-se. Porém, ainda não havia fonte alguma ali. Mas eis que ela surge miraculosamente.

A fonte de água é o marco da mensagem de Lourdes. É sobretudo um sinal de purificação espiritual. Não se trata de um líquido mágico, com poderes curativos. Deus se serve desta água quando quer como instrumento visível para curas extraordinárias, demonstrando Sua presença neste lugar de abundantes graças. Nada mais.

Um número incalculável de curas ocorre em Lourdes. E para que se chegue à conclusão de que houve ou não milagre, instituiu-se o Bureau des Contestations Medicales, hoje conhecido como Oficina de Lourdes, que possui a função de verificar sob o ponto de vista da Ciência as curas ocorridas e elaborar um dossiê sanitário, que permite certificar tanto a enfermidade anterior, quanto a cura.

Em Paris, há o Comitê Médico Internacional para onde são encaminhados, após o tempo de um ano, casos que a Oficina Médica define como “grande cura”.

A cura deve ser total, imprevisível, duradoura e ter ocorrido há quatro ou cinco anos antes de ser avaliada pelo Comitê. A enfermidade deve ter sido grave (com perigo de morte) e comprovada por exames clínicos.

Como podemos perceber a água de Lourdes não é um elemento mágico, é apenas um elemento comum, que o Senhor utiliza para fazer chegar a Sua graça.

Assim, a cura corporal, que dela poderá advir, é apenas um símbolo da cura produzida no interior. E, por se tratar de um canal da graça divina, necessita por parte de quem a recebe certo grau de fé, ainda que pequeno, o que já será suficiente para mover a virtude da esperança e fazer que nele se opere a vitória de Cristo.

No Novo Testamento, e em especial nos evangelhos, o tema da fé é algo significativo. Escutamos o próprio Senhor falar de sua importância muitas vezes, tal como em Lc 17,19: E disse-lhe Jesus: “Levanta-te e vai; a tua fé te salvou”. Se Deus fez por nós a maior parte, se servindo de um elemento comum como a água, como um dos canais por onde ele nos comunica a sua graça, cabe então a nós uma única resposta: a fé. A fé que nos impulsiona ao amor misericordioso de Deus.

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS À BASÍLICA NOSSA SENHORA DE LOURDES - RIO DE JANEIRO